Novo ano, nova cara

Estava na altura de refrescar este blog, não é verdade?

Porque como a pessoa muda, também o que nos representa deve acompanhar essas transformações. E a bem dizer, será também uma forma de me comprometer – à séria, desta vez – com este sítio nascido da melhor vontade e sofrendo da maior preguiça.

O que muda, então? Praticamente tudo. Deixo para trás a sopa juliana de artigos e conteúdos para dar o foco – aleluia! – aos livros, à leitura e à escrita (sobre livros e não só).

Em linha com o que faço pelo IG e Twitter, o blog ganha assim um sentido mais específico, ajudando-me nesta minha “luta” por levar a beleza do mundo literário a mais pessoas e mostrando como a leitura nos ajuda de tantas formas.

Para 2020

Não faço grandes planos para cada ano além do obrigatório, tipo começar a tratar da agenda à medida no bullet journal e marcar férias no trabalho.

Bom, 2020 já começou bastante bem com o alinhar dos planetas e eu finalmente a aprofundar a minha prática de yoga com o início de um curso – quem sabe, um dia, darei aulas.

A energia com que começo o ano é bem diferente de 2019… se o último janeiro me trouxe ansiedade (depois confirmada) com uma pós graduação enquanto trabalhava, o curso de yoga vai-me trazer algo bem mais relevante a nível interior e que precisa ser igualmente trabalhado. E 2020 é também o ano em que “caso os anos”, trazendo algo especial aos 25.

Posto tudo isto, termino com os temidos objetivos para o novo ano:

  • Ler 28 livros, meta bastante mais realista que no ano passado
  • Escrever regularmente neste blogue
  • Publicar reviews mensais dos livros lidos
  • Lançar workshops de escrita (criativa e para o mundo profissional)
  • Começar os círculos de leitura, uma espécie de “clube do livro”

Não sei bem para quando ficam as duas últimas resoluções mas vão acontecer; posso dizer-te que vão decorrer na Margem Sul.

Se tens experiência ou interesse neste tipo de atividades, partilha comigo dicas, sugestões e perguntas. Farei isto com todo o gosto para quem está desse lado 🙂

Até breve,

Joana