Livros favoritos de 2019

Dei um mês para assentar bem a poeira das leituras do ano passado. E agora partilho por fim os cinco livros favoritos de 2019 e todas as outras leituras que fiz ao longo do ano.

Top 5

Capitães da Areia, de Jorge Amado

Sem dúvida uma leitura dura: a chapada de realidade que levamos desde o final da década 30 e que continua, de forma assustadora, bastante atual. Uma leitura para fazer em várias fases da vida.

The Peculiar Life of a Lonely Postman, de Dénis Thériault

Falei deste livro nas críticas de setembro. Uma surpresa trazida de Londres e que nos mostra como não se foge ao destino, dê por onde der. A vida não podia ser mais cíclica, com surpresas até ao fim, nesta obra de Thériault.

A Sul da Fronteira, a Oeste do Sol, de Haruki Murakami

Se a princípio não fiquei convencida com Murakami, este livro mostrou-me um outro lado que me agradou bastante. Sobre como o passado vem sempre à tona até o (nos) resolvermos.

Flores, de Afonso Cruz

Primeiro encontro com o autor português e não poderia ter corrido melhor. Um livro viciante, onde cabem todas as faces das relações humanas.

The Outsider, de Stephen King

Este autor tem, em média, mais de 1 livro escrito por cada ano da sua vida – se contarmos desde que nasceu. Para somar à vasta obra, este thriller conta-nos um caso atroz, que nos faz duvidar da realidade ao trazer à tona possibilidades sobrenaturais.

~

Outros livros lidos

Não concretizei o objetivo (louco) de ler 36 livros, mas fiz leituras que de algum modo me ensinaram algo e deram a conhecer novos autores. É preciso não esquecer que, além de objetivos realistas, não somos obrigados a concluir uma leitura que não nos está a agradar… isso de ler só por ler é tão vazio quanto ter a TV ligada para fazer barulho enquanto se despacham tarefas domésticas.

Aqui ficam os outros livros que li em 2019 e respetiva pontuação pessoal:

Big Magic, de Elizabeth Gilbert ⭐⭐⭐⭐⭐

I Know Why the Caged Bird Sings, de Maya Angelou ⭐⭐⭐⭐⭐

A Sibila, de Agustina Bessa-Luís ⭐⭐⭐

A Subtil Arte de Saber Dizer Que Se F*da, de Mark Mason

Reinventar o Mundo, de Tom Peters ⭐⭐⭐

Siddhartha, de Hermann Hesse ⭐⭐⭐⭐⭐

A Mulher de Trinta Anos, de Honoré de Balzac ⭐⭐⭐

Raparigas Como Nós, Helena Magalhães ⭐⭐⭐

10 Artigos sobre Marketing Estratégico, da Harvard Business Review ⭐⭐⭐⭐

O Príncipe, de Nicolau Maquiavel ⭐⭐⭐

Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carol ⭐⭐⭐

Luz Sobre a Vida, de BKS Yiengar ⭐⭐⭐⭐⭐

O Processo, de Franz Kafka ⭐

Brave New World, de Aldous Huxley ⭐⭐⭐

Vox, de Christina Dalcher ⭐⭐⭐

Histórias Falsas, de Gonçalo M. Tavares ⭐⭐⭐

A Civilização do Espetáculo, Mário Vargas Llosa ⭐⭐⭐⭐

Mulherzinhas, de Louisa May-Alcott ⭐⭐⭐⭐

Bel-Ami, de Guy de Maupasant ⭐⭐⭐


Um resumo do mês

Eu percebo. Tens um ritmo da vida muito acelerado e nem sempre vês as publicações quando saem. Por isso tens uma newsletter mensal com as novidades que publiquei e outro conteúdo literário relevante – sem spam e podes cancelar a qualquer momento.

A processar…
Prepara-te para as boas leituras!