O peso do que não fomos (pt. III)

Não sei o que será pior: gostar de muita coisa ou não gostar de nada. Talvez assim reduzisse a pressão sobre mim mesma em como todos os projetos, hobbies, ideias têm de correr bem e dar resultados.

Ler Mais

O peso do que não fomos (pt. I)

Se tivesse uma moeda por cada vez que me recordam de algo em que eu já fui tão boa, estaria agora a construir um castelo nas nuvens, num qualquer país feito de outras tantas coisas conquistadas e perdidas, ou que podem não chegar nunca.

Ler Mais

130 anos de Mário de Sá Carneiro

Figura incontornável da cena literária portuguesa, Sá Carneiro será um nome para sempre associado ao movimento modernista que agitou Portugal no início do século XX.

Ler Mais